Quem é o homem e quem é o porco?

Aqui estou eu novamente para falar de um livro 5 estrelas: A Revolução dos Bichos do escritor George Orwell. Uma fábula para adultos e uma crítica direta ao modelo soviético sob a ditadura de Stalin. 

Imagem

 

A história começa quando os animais, já cansados da forma que vivem sob o comando do fazendeiro Jones; escutam um discurso de um velho porco conhecido como Major e se encantam com a possibilidade de uma vida melhor, onde o trabalho seria reduzido, a comida aumentada e todos seriam tratados como iguais. 

Imagem

 

Então, após a morte de Major, dois porcos – Napoleão e Bola-de-Neve – decidem pôr em prática os planos propostos e em um ato de total rebelião, enxotam o fazendeiro e sua esposa e trocam o nome do lugar de “Granja do Solar” para “A Granja dos Bichos” e começo o regime conhecido como Animalismo que segue sete mandamentos:

  1. O que andar sobre duas pernas é inimigo.
  2. O que andar sobre quatro pernas, ou que tiver asas, é amigo.
  3. Nenhum animal vestirá roupas.
  4. Nenhum animal dormirá em uma cama.
  5. Nenhum animal beberá álcool.
  6. Nenhum animal poderá matar outro.
  7. Todos os animais são iguais.

Como os porcos são os mais espertos, eles que comandam toda a ação e escolhem todas as regras e depois as apresenta para o restante dos animais – que por serem obtusos e analfabetos, acabam por concordar com tudo que é dito. E assim começa uma nova fase para os habitantes da granja.

Imagem

 

Os problemas começam quando as ideias de Napoleão e Bola-de-Neve se divergem e começa a causar conflitos. Então, em um ato conspiratório, Napoleão expulsa Bola-de-Neve da granja e junto ao Garganta – um porco bom de lábia – espalham para o restante dos bichos que o fugitivo era na verdade um traidor desde o início e que “às escondidas” colaborava para os humanos reassumirem o controle. Os animais acreditam e são manipulados, sem perceberem o tirano em quem Napoleão se transformou.

Imagem

 

O livro me surpreendeu! Quando o comprei mal sabia de qual assunto se tratava e me assustei ao descobri o quão literal era o título. Uma crítica à manipulação, ao tiranismo e aqueles que são controlados sem ao menos perceberem, prendendo-se apenas a promessa de que “no final tudo será como sonhamos”. Gostaria de traçar aqui um paralelo melhor sobre o governo de Stalin e esta obra, mas no momento, meu conhecimento não é tão abrangente então, analiso apenas as críticas perceptíveis para qualquer um que ler com atenção. 

Uma sátira fantástica vinda da mente de um escritor genial!

“Não havia dúvida, agora, quanto ao que sucedera à fisionomia dos porcos. As criaturas de fora olhavam de um porco para um homem, de um homem para um porco e de um porco para um homem outra vez; mas já se tornara impossível distinguir quem era homem, quem era porco.

Imagem

Leiam e comentem!

Até mais.

😉

Anúncios

Publicado por

Bruno M. Foster

Leitor assíduo. Pianista em formação. Aspirante a escritor. Compositor. Apaixonado pelas artes. Fã incondicional de Damien Rice, Amy Lee, Fiona Apple, Lana Del Rey, Gerard Way e Regina Spektor. Idolatra Edgar Allan Poe, George R. R. Martin, Stephen King, William Shakespeare, Arthur Rimbauld, J.K Rowling, Charles Dickens, Jonathan Safran Foer, Álvares de Azevedo, Clarice Lispector, Ernesto Sabato, George Orwell e etc... Comum. Um tanto tímido, mas tentando quebrar alguns muros. Está sempre procurando inspiração nos mais improváveis lugares, desde alguém interessante na rua à uma árvore que parece solitária em uma praça. Superando o negativismo. Aprendendo a não se concentrar no lado ruim do ser humano e passar a observar as coisas boas. Cinéfilo iniciante. Sonha em ser escritor, cantor e dividir os mundos existentes em sua cabeça com as pessoas. Usa o blog para tentar encontrar pessoas com os gostos parecidos ao dele.

3 comentários em “Quem é o homem e quem é o porco?”

Comente e deixe o Mágico feliz!!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s