#Mágico na TV: F.R.I.E.N.D.S

Hey!

A indicação de hoje é de uma série que é a minha favorita. Personagens marcantes, situações hilárias, outras emocionantes; além de retratar o cotidiano de uma forma que faz o telespectador se identificar, pois é impossível que você não tenha passado pelo menos por uma situação semelhante a dos personagens. Estou falando de F.R.I.E.N.D.S criada por David Crane e Marta Kauffman.

Image

10 temporadas.

236 episódios.

66 prêmios.

152 nomeações.

E, é claro, a melhor série de comédia já lançada na televisão.

F.R.I.E.N.D.S é um sitcom que acompanha a história de 6 amigos: Monica, Ross, Rachel, Phoebe, Joey e Chandler.

Image

Em uma tarde na cafeteria Central Perk, Rachel aparece vestida de noiva, pois acabou fugindo do casamento e lá reencontra a antiga colega de escola Monica e interage com os outros personagens. Monica Geller é uma chef de cozinha, ex-obesa, obcecada por limpeza, competitiva e com uma mãe controladora que gosta de se meter e criticar cada detalhe em sua vida; é irmã de Ross, um rapaz inteligente, PhD e que acabou de descobrir que a sua esposa é lésbica e está grávida. Joey é um ator de peças de baixo orçamento e não muito bem avaliado pelos críticos, único homem em uma família de sete irmãs, namorador e com um QI não tão alto. Chandler trabalha em um emprego que detesta, tem medo de compromisso e usa o sarcasmo como defesa desde que o seu pai se separou da mãe para virar drag queen. Phoebe é ex-moradora de rua, a mãe se suicidou e o pai sumiu, acabou virando massagista e cantora nas horas vagas; excêntrica, vegetariana e amante dos animais. E Rachel que sempre foi rica e mimada, mas finalmente resolveu tomar uma decisão ao largar o marido Berry no altar e aprender como é a vida de uma mulher independente. E é assim que se inicia Friends.

Image

Desde que assisti Friends pela primeira vez (e sim, ainda lembro qual foi o primeiro episódio que eu vi, episódio 13 da 3º temporada: Aquele que Monica e Richard são só amigos) eu tenho um ritual de assistir pelo menos 1 episódio todos os dias, seja pelo dvd ou seja pela Warner. Assisto no almoço, de manhã antes do café e às vezes antes de dormir. Talvez eu possa parecer suspeito para falar da série – e sou mesmo -, mas não consigo ser imparcial quando se trata de um seriado que apesar de ser comédia, me ensinou inúmeras lições e é capaz de me divertir não importa o que tenha acontecido.

Image

As situações cotidianas vistas sob um ponto de vista bem humorado, trás a Friends uma fórmula única. Todos os personagens são principais e aparecem em todos os episódios, alguns são mais focados em uns ou em outros, mas todos estão lá; repleto de falas, tiradas e com os seus próprios plots. Situações rotineiras como trabalho, namoro, amizade e coisas do dia a dia, fazem com que o telespectador se identifique fácil. São coisas que todo mundo já passou ou vai passar, mostradas de forma engraçada. Uma paródia da vida real. Uma brincadeira com os nossos dramas cotidianos. É impossível acompanhar a série sem torcer para cada personagem, sem rir com as suas atrapalhadas, além do desejo de ser amigos deles também. O que mais funciona na série é que ninguém parece estar atuando e é como acompanhar a rotina de seis amigos. Eu tenho os personagens que eu me identifico mais, porém, não há nenhum que eu não goste – mesmo os coadjuvantes são hilários e muito bons (como não amar a Janice e sua voz irritante ou Gunther e a sua friendzone eterna?).

Image

10 temporadas incríveis que acaba com um gostinho de quero mais e aquela pergunta: o que acontece depois?. A série não possui muitos cenários, pois a magia está no roteiro e na atuação dos atores. Há inúmeros momentos marcantes onde havia apenas os seis em um único cenário e a cena teve um brilho especial. Uma série que mesmo se tivesse durado mais 20 temporadas, eu teria assistido até o fim. De qualquer forma, acredito que FRIENDS é o seriado com melhor roteiro e uma história redondinha e sem furos. Cada um termina como deveria terminar. Fiel as suas personalidades. Friends é a vida representada na televisão. Friends é uma série que continua conquistando fãs mesmo após 10 anos do seu término (eu sou um exemplo, me apaixonei pela série em 2011). Friends é um marco da televisão que ficará marcado para sempre. Mesmo sendo ficção, Ross, Chandler, Joey, Phoebe, Rachel e Monica são meus amigos; aprendi muito com a série e vou frisar novamente: a única coisa capaz de me animar em qualquer momento da minha vida.

Não veja isso como uma resenha, mas como o depoimento de um fã!

Se você já gosta da série, comente o que ela significa pra você e se nunca assistiu, aqui está uma recomendação que vale a pena seguir.

Image

Em tradução livre: “Julguem o quanto quiser, mas: casou com uma lésbica, abandonou um homem no altar, se apaixonou por um dançarino do gelo gay, jogou a perna de madeira da garota no fogo e vive em uma caixa!”

Image

Em tradução livre: “Amor é como um banho de verão, amor é uma maravilhosa obra de arte, mas o seu amor, oh, o seu amor… É como uma pomba gigante, cagando no meu coração”

Image

Em tradução livre: JOEY: “Não. Halloween é estúpido. Fantasiar-se, fingindo ser alguém que você não é”

CHANDLER: “Você é um ator”

Image

Em tradução livre:

JOEY: Rach, a questão é: ele gosta de você? Porque se não, é tudo uma questão Moo.

RACHEL: Uma questão moo?

JOEY: Você sabe, igual a opinião de uma vaca. Não importa. É moo.

RACHEL: Eu vivi com ele por muito tempo ou isso tudo realmente fez sentido?

Image

Em tradução livre: “Comida? Oh, me dá.”

É isso aí!

Beijo do Mágico e até a próxima!

Anúncios

Publicado por

Bruno M. Foster

Leitor assíduo. Pianista em formação. Aspirante a escritor. Compositor. Apaixonado pelas artes. Fã incondicional de Damien Rice, Amy Lee, Fiona Apple, Lana Del Rey, Gerard Way e Regina Spektor. Idolatra Edgar Allan Poe, George R. R. Martin, Stephen King, William Shakespeare, Arthur Rimbauld, J.K Rowling, Charles Dickens, Jonathan Safran Foer, Álvares de Azevedo, Clarice Lispector, Ernesto Sabato, George Orwell e etc... Comum. Um tanto tímido, mas tentando quebrar alguns muros. Está sempre procurando inspiração nos mais improváveis lugares, desde alguém interessante na rua à uma árvore que parece solitária em uma praça. Superando o negativismo. Aprendendo a não se concentrar no lado ruim do ser humano e passar a observar as coisas boas. Cinéfilo iniciante. Sonha em ser escritor, cantor e dividir os mundos existentes em sua cabeça com as pessoas. Usa o blog para tentar encontrar pessoas com os gostos parecidos ao dele.

12 comentários em “#Mágico na TV: F.R.I.E.N.D.S”

  1. Friends é minha série favorita. Nunca me canso de assistir. Ano passado até surgiu um boato de que seria gravada a 11ª temporada, mas a co-criadora confirmou que não 😦
    Beijos

    Curtir

    1. Eu também fiquei sabendo desses boatos e tinha ficado feliz até eles serem desmentidos :/
      Comentaram também sobre um episódio especial esse ano já que a série completa 20 anos, mas acho improvável também, a própria Lisa desmentiu em uma entrevista 😦
      bjO’s

      Curtir

Comente e deixe o Mágico feliz!!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s