#Mágico na TV: Veronica Mars

Hey!

Hoje eu vou comentar sobre uma série que  eu amo de paixão e que já re-assisti tantas vezes quanto Friends. Descobri a série em 2009, assisti todos os episódios freneticamente e posso dizer que é a melhor série de high school que eu já assisti. Estou falando de Veronica Mars.

Imagem

Há um ano atrás, Veronica Mars vivia uma vida pacata e normal como a de qualquer outra adolescente. Seu pai era xerife e sua mãe uma ótima esposa e dona de casa. Namorava Ducan Kane, filho do milionário Jake Kane e era melhor amiga da irmã caçula, Lily Kane. As coisas começam a desmoronar quando um dia, Lily é assassinada. O pai de Veronica sendo o xerife, tem como principal suspeito o patriarca da família Kane, Jake. Entretanto, a maior parte dos moradores da pequena cidade de Neptune não acredita na acusação e acabam se virando contra a família Mars. Jake Kane fica livre, Keith Mars perde o posto de xerife e Veronica perde todos os amigos, além da mãe que se tornou alcoólatra e após não aguentar a pressão, abandonou a família. Um novo xerife assume o cargo e pouco tempo depois prende um homem chamado Abel Koontz, acusado pelo assassinato; o que ajuda a destruir ainda mais a credibilidade de Mars.

“Esta é a minha escola. Se você estuda aqui, ou seus pais são milionários ou trabalham para milionários. Neptune, Califórnia. Uma cidade sem classe média.”

Decidindo mostrar para todo mundo que ainda podia andar de cabeça erguida, Veronica decide ir a uma festa onde todos os seus ex-amigos estarão e é nessa festa que ela acaba drogada e estuprada – matando a última partícula restante da garota ingênua que era. Quando tenta denunciar o caso ao xerife, ele zomba dela e envergonhada, ela resolve não contar o ocorrido a mais ninguém.

Seu pai acaba montando um escritório e começa a trabalhar como detetive particular e Veronica o ajuda em algumas investigações, mas a vida continua um tanto amarga para os dois com a falta de dinheiro. E é com muitos problemas e várias questões para solucionar que inicia a série Veronica Mars.

Imagem

Estrelado por Kristen Bell o seriado estreou em 2004 na CW e terminou em 2007 quando foi cancelada no final da 3º temporada (aquela injustiça básica que sempre acontece às séries boas). Ao longo dos anos os fãs da série se reuniram várias vezes em campanhas pedindo uma nova temporada ou pelo menos, um filme (eu participei de uma das campanhas em 2010 pelo facebook, tirei foto com plaquinhas e tudo! xD). Sentindo todo o amor dos fãs e com total apoio dos atores principais, o criador da série resolveu criar uma campanha oficial para arrecadar dois milhões de dólares para um filme, a campanha deu certo e no final acabaram arrecadando quatro milhões. Em 2013, finalmente pudemos nos deleitar com um filme incrível costurando todas as pontas soltas deixadas pelo cancelamento e com a aparição de praticamente TODOS os personagens que estiveram na série original.

“A tragédia passa pela sua vida como um tornado, desenraizando tudo, criando o caos. Você espera a poeira abaixar e então faz a sua escolha. Você pode viver nos escombros e fingir que ainda é a mansão de que se lembra. Ou, pode rastejar pelos restos e lentamente, reconstruir tudo. Por que, depois do desastre a parte importante é seguir em frente. Mas, se você é como eu, você continua procurando a tempestade.”

Veronica (Ep 3: Meet John Smith)

Imagem

Enfim, Veronica Mars é uma série especial, pois todo o roteiro é bem trabalhado, os diálogos são incríveis e o sarcasmo rola solto. Veronica é uma personagem apaixonante, corajosa e sem papas na língua. Apesar do plot principal de cada temporada, cada episódio tem uma trama paralela que se resolve nele mesmo e na maioria das vezes, traz uma pista para o mistério principal. Por exemplo, na primeira temporada o grande foco é o assassinato de Lily Kane, porém, cada episódio traz um caso menor a ser resolvido que vai desde adultérios à garotos querendo reencontrar o pai, ou da investigação de uma seita à um assassino que sufoca garotas com cordas de guitarra. Isso torna a série muito dinâmica.

Imagem

Os personagens são muito legais e completos, mesmo aqueles que possuem papéis pequenos tem suas personalidades bem definidas. Além da própria Veronica, eu adoro personagens como Logan Echolls (ex-namorado da Lily, melhor amigo do Duncan e mais um dos que não gostam da V), Wallace Fennel (melhor amigo da V), Weevil (líder da gangue de motoqueiros da cidade), Mac (a ‘gênia’ da informática) e o próprio pai da V, Keith – o relacionamento dos dois é bem explorado e os atores tem uma química incrível, inclusive ganhando um prêmio de ‘Relação Pai-Filha de 2006’ no Family Television Awards.

Weevil: “Eu preciso da sua ajuda!”

Veronica: “Ah, se eu ganhasse 50 pratas toda vez que alguém diz isso”

Weevil: “Olha, eu sei que deve ser difícil ser você…”

Veronica: “Não, sério, se você quer que eu continue te escutando, vou precisar de 50 pratas!”

Aliás, falando em personagens, vários atores que ficaram conhecidos mais tarde em outros séries ou filmes, já fizeram pontinhas em VM, como Leighton Meester (a Blair de Gossip Girl), Max Greenfield (o Schmidt de New Girl), Amanda Seyfried, Diana Agron (a Quinn de Glee), Alona Tal (a Jo de Supernatural) e até a Paris Hilton fez uma pontinha em um episódio fazendo o que ela faz de melhor: a riquinha bitch.

Imagem

Enfim, VM é uma série bem acima da média e apesar de contar com personagens adolescentes e alguns dos dramas comuns da idade, traz vários temas maduros, personagens bem construídos, excelentes diálogos, uma trilha sonora maravilhosa e tramas bem construídas e amarradas. Sério, não importa o quanto você tente, você nunca descobre os mistérios antes da hora.

Imagem

Então é isso, pessoal!

Fica aqui uma dica de uma série muito boa!

Beijo do Mágico e voltem sempre!

Imagem

Anúncios

Publicado por

Bruno M. Foster

Leitor assíduo. Pianista em formação. Aspirante a escritor. Compositor. Apaixonado pelas artes. Fã incondicional de Damien Rice, Amy Lee, Fiona Apple, Lana Del Rey, Gerard Way e Regina Spektor. Idolatra Edgar Allan Poe, George R. R. Martin, Stephen King, William Shakespeare, Arthur Rimbauld, J.K Rowling, Charles Dickens, Jonathan Safran Foer, Álvares de Azevedo, Clarice Lispector, Ernesto Sabato, George Orwell e etc... Comum. Um tanto tímido, mas tentando quebrar alguns muros. Está sempre procurando inspiração nos mais improváveis lugares, desde alguém interessante na rua à uma árvore que parece solitária em uma praça. Superando o negativismo. Aprendendo a não se concentrar no lado ruim do ser humano e passar a observar as coisas boas. Cinéfilo iniciante. Sonha em ser escritor, cantor e dividir os mundos existentes em sua cabeça com as pessoas. Usa o blog para tentar encontrar pessoas com os gostos parecidos ao dele.

3 comentários em “#Mágico na TV: Veronica Mars”

  1. Ai, que saudades dessa série! Uma das melhores séries que tu já me viciou, olha. Sou eternamente grata por isso.
    VM mudou minha vidinha e não sei mais viver sem Kristen Bell e LoVe, argh. ❤ (Até o nome do shipp já é amor. Literalmente).
    Não sei nem o que falar, apenas sentir. ❤ hahauah'
    Adorei a resenha, Bruh, espalhe mais o amor dessa série linda.
    Bjs bjs.

    Curtir

    1. É só fazer que nem eu e assistir tudo de novo! ASAHUSHUAS’
      VM é aquela série que depois que você assiste, nunca mais esquece!
      E LoVe é puro love! xD
      Enquanto eu puder, vou continuar falando de VM porque merece ser mais conhecida!
      bjO’s ❤

      Curtir

Comente e deixe o Mágico feliz!!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s