2 Filmes: Magic Mike & The Amazing Spider Man 2

Hey!

Durante o meu período de viagem, acabei passando cinco dias no sítio de meus avós que ficava em um lugar bem afastado, na área rural do Pernambuco, onde não havia internet. Precavido – graças a dica dada por minha mãe -, acabei levando um número grande filmes no notebook (alguns que ainda nem foram assistidos mesmo após quatro meses desde o meu retorno). Dessa forma, após os passeios com meus avós para visitar parentes dos quais nunca ouvir falar e outros que não via há muito tempo; restava ainda algumas horas livres e isso me permitiu começar a ver alguns filmes. Não vou comentar comparando ambos os filmes, porque são de gêneros bem diferentes entre si. Usarei a ordem cronológica na qual foram vistos. Começando pelos dois primeiros que vi na minha primeira noite por lá:

dscsdcsdc

Eis que surge um filme sobre strippers (pode até haver outros, mas não via um filme diretamente ligado com a temática desde striptease com a Demi Moore em meados dos anos 90 – também um dos filmes que assistia escondido dos meus pais) e dessa vez focado em strippers masculinos o que, pelo menos para mim, prometia ser um deleite aos olhos.

O filme tem como foco principal a vida de Magic Mike interpretado por Channing Tatum e seu mais novo discípulo, The Kid – interpretado por Alex Pettyfer (talvez você se lembre dele pelo patético filme A Fera e o inexpressivo Eu Sou o Número Quatro). A trama basicamente se resume nisso. Alguns descrevem o filme como uma comédia dramática, mas não há humor ou drama. Atores como Matt Bomer e Joe Manganiello surgem no filme apenas como enfeites que vão tirar a roupa nos momentos de striptease e então, serão postos de lado.

3979b67b-f290-416a-8335-743cd1f3e1e6

A história principal não convence, o drama é ralo – assim como os personagens. É um filme com grande apelo sexual, mas sem enredo. Teria sido mais produtivo colocarem todos em um curta fazendo strip do que perderem 110 minutos em um roteiro feito nas coxas.

E sinceramente? Sim, os homens são lindos e donos de belos corpos, mas depois de algumas cenas, tudo isso cansa! Porém, sexo vende bem e logo mais teremos uma continuação. Só espero que deem mais falas para o Matt Bomer (que me conquistou após o filme The Normal Heart).


Agora caminhando na direção contrário – isso em relação ao tipo de filme. Cresci completamente apaixonado pelo Homem-Aranha, meus cadernos da segunda até à sexta série tinham ele estampado; tinha uma coleção imensa de bonecos, adesivos, os filmes, dois jogos no meu antigo playstation 1 além de assistir a versão animada (aquela feita nos anos 90 e que passou por um bom tempo na tv globinho) quase religiosamente. Assisti a trilogia com o Toby Maguire várias vezes e até gosto do terceiro filme (sim, aquele que todo mundo mete o pau). Dessa forma, torci o nariz quando anunciaram que haveria um novo Homem-Aranha, pois já não conseguia imaginá-lo como outro ator. Porém, assisti O Espetacular Homem-Aranha e acabei gostando do resultado, o Andrew incorporou bem o aranha e o seu humor me lembrou bastante a versão das HQs.

Tudo bem, falei demais!

Agora vamos ao filme!

No segundo filme d’O Espetacular Homem-Aranha, temos a presença de um novo vilão, Electro. A história do filme segue de forma divertida, mas sem grandes novidades. A mesma coisa que me incomodou no primeiro filme, me incomodou nesse: o fato deles repetirem storylines, ao invés de aproveitarem a gama gigantesca presente nas HQs.

O Espetacular Homem-Aranha 2 não chega a ser um filme ruim, na verdade é bem divertido, mas como um fã do aracnídeo eu esperava muito mais. Minha única surpresa no filme foi o final, gostei de como foi colocado.

Como vocês já devem saber, teremos mais um reboot e um novo Homem-Aranha. Espero que me surpreendam!


É isso por hoje, pessoal!

Fico feliz por estar de volta e esse post só não saiu alguns dias antes porque estava tendo problemas com o wordpress xD

Um beijo do Mágico.

E voltem sempre!

tumblr_n0d3x7DdBO1rkmhe5o3_500

Uma Breve Explicação Sobre o Hiatus e o Retorno Do Mágico!

Hey!

Após um desaparecimento sem explicação, achei que deveria voltar aqui e explicar o porquê do sumiço. Não vou me estender muito, apenas dizer que após anos de uma timidez excessiva e isolamento social, decidi dar alguns passos importantes na minha vida e descobrir coisas novas, além de conhecer pessoas novas. Tive a oportunidade de viajar pela primeira vez na minha vida, formei a minha banda, fiz excelentes novos amigos e expandi a minha mente; com tanta coisa ocorrendo acabei deixando o blog de lado pelo simples motivo de que queria viver um pouco mais. E agora, sei que consigo conciliar ambos e trazer novidades para aqueles que me acompanham nesse modesto blog desde 2013. Além das resenhas de livros, indicações de filmes, música, séries e etc… Quero compartilhar os meus escritos, algumas crônicas, poemas e etc e dar uma roupagem nova a este blog… Espero que não tenham me abandonado de vez.

Eu voltei e espero que vocês queiram voltar comigo e abraçar essas novas ideias!

Com amor,

O Mágico.