1# Livros em andamento…

Hey!

Resolvi fazer algo novo dessa vez e falar sobre livros em andamento – aqueles que comecei, mas não terminei ainda, os que eu estou indo devagar por serem muito grandes e/ou mais complicado e os que estou quase terminando. Alguns são leituras de longo prazo, por se tratar de livros bem grandes e outros estão quase sendo finalizados (ou empacaram por algum motivo). Esse post é um grande shame on me e vai me servir como um puxão de orelha, já que tenho o mal costume de começar vários livros ao mesmo tempo e acabar enrolado com mil leituras não finalizadas. Então, vamos lá!


1003825_661671577180620_1673679358_n

O primeiro é o The Mark of Athena que está parado aqui há um tempo (li até a página 200 e alguma coisa) e nesse caso o motivo é de que comecei a perder o interesse na saga do Percy Jackson; tenho um carinho pela série dos Olimpianos, acho leve e divertida, mas sinto que estou em outra fase no momento. Nada impede que um dia eu crie coragem e resolva terminar a série.

IMG_20140226_165452

No caso de Dom Quixote, estou lendo devagar mesmo e sem pressa por se tratar de um livro muito grande e de um clássico que merece ser degustado aos poucos. Mas já indico desde já, pois a história é incrível!

10881939_329655460576617_1551376141_n

Leite Derramado é um daqueles casos onde você está gostando do livro, mas parou por algum motivo sobrenatural. A escrita do Chico é fluída e os capítulos são curtos e mesmo assim acabei deixando de lado para ler outras coisas e ficou… Mas planejo terminá-lo logo!

924439_349914918509218_1605167470_n

Esse foi um caso até engraçado, comecei a lê-lo e acabei me atrapalhando com outros compromissos, resultado: guardei na estante e esqueci que não tinha terminado de ler… Como falta bem pouco para acabá-lo, logo mais vocês terão a resenha!

IMG_20140123_115646

Mais um livro do Levithan, mas esse eu garanto que já está quase finalizado e logo mais a resenha vai aparecer por aqui!

550321_695740937107017_219744969_n

Quem ler a minha resenha de O Diário de Anne Frank sabe que estou com vários livros aqui em casa relacionados à segunda guerra mundial (a maioria mais sobre a a Alemanha nazista) e entre os meus desafios está a leitura desse calhamaço que é a biografia de Hitler. Esse é outro caso onde estou lendo o livro com calma e paciência e sem pressa para terminá-lo… É um bom livro para quem quer saber mais sobre a vida de uma das figuras mais monstruosas da história.

10530921_890883614259414_383550731025462851_n

Ah, Terra de Histórias eu quero tanto recuperar o interesse por você. Comecei lendo o livro de forma fluída, mas pouco antes da metade acabei perdendo o interesse e o coloquei de volta na estante… Esse fica para quando recuperar a vontade de terminar (assim como no caso d’Os Heróis do Olimpo).

10950417_860658593993616_66858019_n

Esse livro está demorando para ser concluído por um único motivo: é o primeiro clássico que leio em inglês e não está sendo fácil! 😛

11005076_1382350565417934_941477824_n

Esse é uma adição recente à pilha de livros que estou lendo. Rimbaud é um poeta incrível e que merece ser lido. Estou degustando esse livro aos poucos, lendo 2 poemas por dia… Super recomendo! ❤

IMG_20140815_115029

Um livro incrível do King e sim, uma de suas obras primas. Porém, é um calhamaço de mais de mil páginas e por isso estou indo aos poucos. Fora que é um livro muito pesado e não consigo carregá-lo para onde eu vou :/

929054_553649668082031_1612616561_n

Mais um caso de: comecei a ler, estava fluido e por algum motivo sobrenatural acabei parando a leitura e não retomando. Isso é vergonhoso, até porque um dos meus filmes favoritos surgiu desse livro… Enfim, vou retomar a leitura!

10787775_540062772763032_1729226508_n

Livro ótimo, história ótima, estava fluindo perfeitamente e então, a leitura travou. Provavelmente o problema sou eu, mas fiquei frustrado por não ter terminado. Já vai ficar na minha meta e entre os primeiros da fila.


Então, esse foi um post rápido só para comentar algumas leituras em andamento e para ter algo novo aqui no blog. Logo mais sai resenha de dois livros (já estão quase prontas). Que tal comentar comigo quais as suas leituras em andamento? Quais livros começou e não conseguiu terminar?

Por hoje é só, pessoal!

Um beijo do mágico e voltem sempre!

tumblr_n5e2zzj1Cy1tamedoo1_500

#Artista da Semana: Hozier

Hey!

E cá estou eu novamente e dessa vez para falar um pouco de música. Hoje vou falar sobre um artista que descobri no ano passado e foi amor a primeira vista. Aliás, percebi que tenho uma ligação especial com artistas irlandeses 😛

Hoje vou falar do INCRÍVEL Hozier!

image-hozier-620x420

Nascido no Bray, County Wicklow na Irlanda; Andrew Hozier-Byrne ou apenas Hozier, carrega a influência musical desde criança já que é filho de músico. Em 2008 se juntou a Orquestra de Trindade, o que o permitiu fazer performances internacionais em outros países europeus, e ficou até 2012. Ele também começou uma licenciatura em música no Trinity College, mas acabou desistindo no primeiro ano ao surgir a oportunidade de gravar demos com a Universal Music. Em 2013 ele lançou o EP Take me to Church e o vídeo para música se tornou viral no Youtube. Em 2014 ele lançou o primeiro álbum autointitulado.

Andrew Hozier-Byrne

Aqui vai a minha lista de favoritas, para quem quiser conhecer:

  1. Take Me To Church
  2. Angel Of Small Death & The Codeine Scene
  3. Someone New
  4. From Eden
  5. Jackie and Wilson
  6. Work Song
  7. In The Woods Somewhere
  8. In A Week

hozier-1-3-2

O que mais me chamou atenção no Hozier além da voz e do instrumental bem trabalhado, é o fato de ser perceptível o cuidado que ele tem ao compor suas canções; sempre dizendo algo significativo com elas. E isso é sempre o que eu procuro em um artista.

Então, fica a dica para quem gosta de conhecer artistas novos!

Um beijo do mágico e voltem sempre!

;*

tumblr_nhcvvxsXUw1u71v07o1_500

Os irmãos Baudelaire e suas Desventuras em Série…

Hey!

Zapeando os canais há alguns anos atrás encontrei um filme de nome peculiar e uma narração bem diferenciada daqueles que eu costumava assistir na época. Em 2011, descobri que o filme tinha se baseado em uma série de livros e na primeira oportunidade, comprei o box. E foi assim que mergulhei nas desaventuradas aventuras dos irmãos Baudelaire em Desventuras em Série.

a-series-of-unfortunate-events-best-book-ever-books-lemony-snicket-photography-Favim.com-105133

A história já começa com a maior desventura de todas: os três irmãos Baudelaire – Violet, Klaus e Sunny – estavam aproveitando um passeio à praia quando o Sr. Poe (o contador da família) aparece para informá-los que houve um incêndio na mansão onde viviam e seus pais morreram. Agora, sendo órfãos e não tendo parentes próximos, serão obrigados a viver com um primo distante: o conde Olaf. Porém, ao chegarem em sua casa, percebem que o conde é um homem pérfido interessado apenas na fortuna deixada para as crianças.

a-series-of-unfortunate-events-netflix

A série contém 13 livros e há inúmeros cenários e personagens excêntricos, muitas reviravoltas e tudo narrado pela escrita deliciosa do Lemony Snicket (que é, de certa forma, também um personagem na história).

Confesso que a primeira coisa que me vem à cabeça quando penso nesses livros é: quanta criatividade! O mundo em que se passa a história de desventuras é quase um mundo alternativo, com influências steampunk e com algumas coisas mais modernas. Depois disso temos os personagens principais, Violet, Klaus e Sunny que são crianças muito inteligentes e cada uma dotada de um talento em especial que acaba ajudando em inúmeras situações. Violet é uma grande inventora, Klaus é um devorador de livros e Sunny – que ainda é um bebê – possui três dentes bem afiados, além de uma inteligência incomum, mas não tão absurda o que mantém até certo ponto a verosimilhança.

968full-lemony-snicket's-a-series-of-unfortunate-events-screenshot

O próprio Conde Olaf é um personagem bem peculiar, um vilão teatral e que apesar de ser bem pérfido, mantém certa comicidade (não tão exagerada como Jim Carrey interpretou na adaptação). E todos os personagens que vão surgindo depois tanto os bons quanto os maus são simplesmente únicos e isso retorna ao pensamento de: UAU, QUE IMAGINAÇÃO!

O livro pode ter certos ares de ser infantil quando você o vê repleto de ilustrações e a narração do primeiro livro, mas a história segue quase a mesma linha de Harry Potter, por exemplo, ao ir amadurecendo a cada livro; tanto os personagens quanto a escrita. A história também é cheia de tiradas excelentes que nos faz rir, mas também momentos em que sentimos tristeza e revolta pelos desafortunados irmãos. Não podemos reclamar, já que na sinopse de cada livro o autor já avisa que não se trata de uma história feliz e que seria melhor largar e ir ler outra coisa e é justamente essa “anti-propaganda” que faz com que o leitor sinta ainda mais vontade de ler.

vlcsnap-2011-05-28-11h07m03s1291

Os primeiros livros se iniciam como aventuras isoladas; os irmãos Baudelaire indo para uma nova casa e sendo perseguidos por Olaf. Entretanto, vários mistérios vão surgindo (mistérios que são respondidos com novos mistérios) e isso permeia toda a história, fazendo com que seja impossível abandonar os livros. E bem, quanto ao final (fiquem tranquilos, pois o Mágico não gosta de dar spoilers :P), eu vi que algumas pessoas não gostaram. Quanto a mim, digo que fiquei muito satisfeito e achei um bom final – agridoce como o próprio autor propôs.

Ah, quanto a adaptação de 2004. O filme cobre apenas os eventos dos três primeiros livros e com exceção de algumas mudanças, é bem fiel. E as crianças escolhidas para interpretar os Baudelaire são extremamente fofas e talentosas. Minha única reclamação é o fato do excesso de comicidade de Olaf dada por Jim Carrey – mas nada que atrapalhe tanto assim. Uma pena não terem continuado com os filmes. Li boatos que a Netflix comprou os direitos e irá transformar em série, então, oremos!

tumblr_m5cz2fonhI1rx3q30o1_500

Enfim: personagens ultra carismáticos, escrita deliciosa, excelentes cenários, combinação perfeita de humor e drama = minha série literária favorita ao lado de Harry Potter.

Espero que tenham gostado.

E por hoje é só, pessoal!

Um beijo do Mágico e voltem sempre!

:*

tumblr_n2dp3lJOru1tpizeeo1_500

O Século XX definido em Filmes! [Parte Final]

Hey!

E FINALMENTE, eis a última parte das indicações de filmes do século XX e agora com os filmes dos anos 90. Tentei postar antes de 2014 terminar, mas acabou não dando então peço desculpa pela demora. Enfim, caso queira conferir as outras partes aqui está: Parte 1, Parte 2 e Parte 3. Here we go:

ANOS 90

ESQUECERAM DE MIM (1990)

giphy

Vou começar com o grande clássico da infância de muita gente (e da minha também). Esqueceram de Mim está também na minha lista de clássicos natalinos, pois sempre assisto na semana do natal junto com alguns outros filmes (que vão aparecer logo por aqui). Não vou explicar a história, pois sei que você já conhece! 😉

A CONVENÇÃO DAS BRUXAS (1990)

tumblr_mpc18c4fiO1qedb29o1_500

O meu filme favorito quando criança – apesar de ter medo dessas bruxas horrendas. Mesmo assim eu amava! A história do filme é sobre um menino que vai passar uma temporada em um hotel com a avó e acaba descobrindo que é naquele local que acontece a convenção das bruxas e que os planos delas é transformar todas as crianças em ratos! :O

A BELA E A FERA (1991)

-b3cd1f84-5729-49f8-88df-24d746f4fdf5

A disney não pode faltar nas minhas listas de filmes, já que foi sempre uma grande parte da minha vida (cresci assistindo e assisto até hoje). Confesso que, apesar de gostar bastante, A Bela e a Fera nunca foi muito o meu favorito – mesmo assim assisti várias vezes. Há uma outra versão que eu via em VHS, só que não era musical e era um pouco mais fiel ao conto original.

GAROTOS DE PROGRAMA (1991)

tumblr_lk8p0jxmPR1qgeq3co1_500

Saindo um pouco da vibe de nostalgia, vou falar de um dos filmes que está na minha lista de favoritos. Garotos de Programa traz os talentosos e belíssimos Keanu Reeves e River Phoenix. Além de contar sobre a vida desses dois garotos de programa, o personagem de Phoenix sofre de narcolepsia o que faz com que ele tenha desmaios súbitos (e principalmente em momentos inoportunos). É um drama muito bem feito e eu adoro a interação dos dois.

O CONTO DE NATAL DOS MUPPETS (1992)

gonzo-story-muppet-christmas-carol-gif

Esse é outro filme que eu sempre assisto perto do natal e traz duas coisas que eu adoro: O Conto de Natal do Charles Dickens (veja a resenha aqui) e os Muppets (até hoje eu quero uma pelúcia do Caco). Há várias adaptações do conto, uma que eu acho muito legal também é a do Mickey!

ALADDIN (1992)

tumblr_mjcu9dRveU1rt1ivno3_500

Aladdin está na minha lista de personagens favoritos e entre os príncipes da disney, ele é o melhor! As músicas são incríveis e, creio eu, foi a primeira vez que a disney usou personagens de outros países além do seu habitual european style (depois veio Mulan). ‘Príncipe Ali é este aqui, Ali Ababwa’, essa música nunca sai da minha cabeça… Hahahaha…

MUDANÇA DE HÁBITO (1992)

giphy

Sim, mais um clássico da sessão da tarde. Mudança de Hábito é aquele filme delicioso de assistir e toda vez que passa eu vejo (logo mais pretendo adquiri-lo para o meu acervo pessoal). Conta a história de Deloris que é um cantora de cassino e namora o dono do local, ele também é um criminoso e manda matar a namorada (pois teme que ela revele os seus segredos) e isso a obriga a fugir. Por ser a testemunha chave, ela é protegida por um policial que a esconde em um convento e é lá que começa a confusão. O filme é engraçado, leve e com músicas contagiantes. Super recomendo!

O ESTRANHO MUNDO DE JACK (1993)

tumblr_ngx901Ah1c1rdqbfro6_500

Esse filme fecha a lista de filmes que eu SEMPRE vejo na época do natal (há alguns outros, mas estes foram lançados a partir dos anos 2000). É um musical incrível! Conta a história de Jack Esqueleto que vive na cidade do Halloween e é considerado o rei do horror, um dia, acaba entrando por acidente na cidade do natal e decide levar o espírito natalino para as pessoas da sua cidade, mas isso acaba não dando muito certo. Super indico!

BATMAN – A MÁSCARA DO FANTASMA (1993)

tumblr_mt4zfjXscV1qj9pbfo1_500

Essa animação foi um dos meus primeiros contatos com o Batman. A história traz aquele clima sombrio do homem morcego que eu adoro (foi graças a esse filme, que fez com que eu não conseguisse gostar das versões mais coloridas do herói – como aquela série antiga). Quando eu era criança tinha medo de algumas cenas, principalmente a que acontece no parque de diversões abandonado onde o Coringa vive (cercado por uns bonecos horrendos). Essa animação fez eu implorar para os meus pais pelos bonecos e a bat-caverna – os bonecos se foram, mas eu ainda tenho a bat-caverna, ou como eu chamava, o ‘castelo do Batman’.

O JARDIM SECRETO (1993)

tumblr_mz9c97Jn4t1rykz3mo1_500

Um dos meus filmes favoritos baseado em um dos meus livros favoritos. O Jardim Secreto tem um das histórias mais singelas e lindas que eu já vi. Aliás, já teve resenha aqui no blog caso queira conferir. E repito o que eu disse na resenha: queria muito ser amigo do Dickon!

A FAMÍLIA ADDAMS 2 (1993)

tumblr_n5e2zzj1Cy1tamedoo1_500

Apesar de gostar do 1, o meu favorito é o 2 por motivos de: Wednesday! Sempre amei a Família Addams, via desde os filmes à série antiga, os desenhos e jogava até o jogo na época do cartucho :P… Só amor por essa família!

GILBERT GRAPE – APRENDIZ DE SONHADOR (1993)

3.[5]

Ah, Dicaprio, sempre estrelando os filmes que eu mais amo (ele vai aparecer ainda várias vezes nesse post). O filme traz Johnny Depp no papel de Gilbert Grape e o Dicaprio no papel do irmão autista, Arnie. Os dois vivem com as duas irmãs, Ellen e Amy, e com a mãe, Bonnie (que desde a morte do marido, se tornou obesa e não sai de casa). A vida do jovem Gilbert muda com a chegada de Becky, uma forasteira. O filme é um drama muito bem construído e a história é linda! E, uau, Dicaprio tão novo, se entregou de corpo e alma ao papel de Arnie e mereceu sua indicação ao Oscar – mesmo não tendo ganho.

O REI LEÃO (1994)

giphy

Até hoje eu lembro da primeira vez em que assisti o Rei Leão. Estava junto com o meu amigo de infância, chamado Jean; em uma tarde bem chuvosa que não permitia brincar lá fora, então fizemos uma maratona de filmes e entre os VHS que ele tinha, estava O Rei Leão. Esse filme me deixa muito nostálgico por causa disso. ‘Os seus problemas você deve esquecer; isso é viver!; é aprender! – Hakuna Matata‘…

O PROFISSIONAL (1994)

tumblr_mwsmnjv0Uf1sia5spo1_500

O filme que Natalie Portman prova que sabe atuar desde criança. O filme conta a história de Leon, um assassino profissional que vive no mesmo andar em que a menina Mathilda. A família da menina é problemática já que o pai é um traficante de drogas e a madrasta é prostituta, além da sua irmã que a trata com violência; um dia, eles são assassinados e a jovem Mathilda acaba se refugiando com Leon. O filme é excelente, violento, mas excelente!

A CURA (1995)

the-cure-670x446

Esse filme foi responsável por me arrancar lágrimas logo na infância. Traz a história de Dexter, um menino de onze anos portador do vírus HIV que se torna grande amigo do vizinho Eric – que vive com sua mãe negligente e intolerante. Após ler em um jornal que um médico supostamente afirma ter encontrado a cura para a doença, Eric e Dexter fogem de casa para encontrar a tal “cura”. É uma história singela sobre amizade. Recomendo!

DIÁRIO DE UM ADOLESCENTE (1995)

tumblr_mc82tgNpPM1r44hpro1_500

Mais um filme favorito estrelado pelo Dicaprio. O filme possui resenha aqui no blog, por isso não vou falar muito. É incrível, com uma narrativa muito poética e baseado na história real de Jim Carrol.

ECLIPSE DE UMA PAIXÃO (1995)

tumblr_mnqdn61CoK1robazso1_500

Oh, Dicaprio. O filme traz o meu poeta favorito interpretado pelo meu ator favorito. Nesse filme, Dicaprio interpreta Arthur Rimbaud. A história gira em torno do suposto envolvimento amoroso dele com outro poeta da época: Paul Verlaine. O roteiro é magnífico, os diálogos são bem escritos e fica aí a indicação para todos (a não ser, claro, para aqueles que se incomodam em ver romance entre dois homens)…

O CORCUNDA DE NOTRE DAME (1996)

Disney_Survey_-_The_Hunchback_of_Notre_Dame

Se me pedissem para falar um história que jamais seria adaptada pela disney, eu diria O Corcunda de Notre Dame. Aliás, até hoje me surpreendo, já que a história é um tanto pesada mesmo tendo sido passada para os padrões disney. E é bom quando eles saem da zona de conforto, pois isso sempre gera filmes maravilhosos. A carga emocional presente nesse filme é absurda, as músicas são muito bem trabalhadas e a fotografia é linda!

MATILDA (1996)

tumblr_n0d3x7DdBO1rkmhe5o3_500

Ah, esse com certeza fez parte da infância de MUITA gente. Era também um dos filmes favoritos do mini eu e eu até hoje o amo. Nem vou me estender falando sobre a história porque vocês já conhecem!

MULAN (1998)

tumblr_mvrbccDjYq1re227xo2_500

Lembra da maratona de filmes que fiz em um dia chuvoso quando criança? Bem, Mulan também estava entre os filmes assistidos. A história da garota que toma o lugar do pai, disfarçando-se de homem, para lutar na guerra foi, creio eu, a primeira demonstração de girl power que a disney fez! ‘Quem é que está aqui? Junto a mim, em meu ser. É a minha imagem? Eu não sei dizer’…

CENTRAL DO BRASIL (1998)

filmes08

Central do Brasil conta a história de Dora, uma mulher que trabalha na estação de trem escrevendo cartas para analfabetos. Um dia, uma de suas clientes, chamada Sonia – junto com o seu filho Josué -, pede para Dora escrever uma carta para o pai do menino. Ao sair da estação, Sonia morre atropelada e o menino, sem ter para onde ir, se vê obrigado a morar na estação. Dora acaba sentindo pena do garoto e resolve ajudá-lo a encontrar o pai que mora no sertão nordestino. O filme tem aquele gostinho de road trip e tanto a Fernanda Montenegro, quanto o ator que interpreta Josué, estão muito bons no papel. Até hoje acho injusto a Fernanda ter perdido no oscar…

A OUTRA HISTÓRIA AMERICANA (1998)

tumblr_muwm5gzj0K1qd1mo5o4_500

Um filme forte! Conta a história de um rapaz skinhead (interpretado pelo excelente Edward Norton) que é preso após matar três rapazes negros. Após uma temporada na cadeia, ele sai diferente, mas ao voltar pra casa percebe que seu irmão mais novo está seguindo os seus passos. O filme intercala os acontecimentos presentes com flashbacks, o que o torna ainda mais visceral.

DE OLHOS BEM FECHADOS (1999)

dvd_eyes

Mencionei esse filme no post onde resenhei os livros Juliette Society Três. Conta a história desse casal com problemas no relacionamento, um dia, o marido encontra um amigo e este menciona um emprego estranho que arrumou onde todo o mês ele recebe um endereço e ao chegar no local é vendado, seu único papel é tocar o piano e nunca espiar por baixo da venda. Tendo sua curiosidade atiçada, ele acaba seguindo o amigo e descobre essa sociedade secreta que se reúne exclusivamente para o sexo; todos são obrigados a usar máscaras. O que começa como um segredo sórdido, acaba complicando a vida deste homem e ameaçando a sua família. É intenso, como todo filme do Kubrick!

O SEXTO SENTIDO (1999)

giphy (1)

Uma das coisas que mais fazem falta nos filmes de terror atuais, é um bom roteiro onde não precise recorrer a sustos gratuitos; onde a própria história nos deixa com calafrios! Esse é o caso de O Sexto Sentido onde o roteiro genial se alia à atuações incríveis! Quando criança, eu tinha pavor desse filme; tentei assistir sozinho e amarelei… xD Hoje eu o amo e está na minha lista de favoritos.

CLUBE DA LUTA (1999)

giphy (2)

Eu sou vidrado tanto no filme quanto no livro e acho a sacada final GENIAL! Não vou me estender muito aqui, pois já resenhei o livro aqui. Também é um dos meus favoritos! E pretendo reler o livro em breve 😀


Demorou bastante, eu sei. Mas finalmente encerro a saga dos filmes do século XX. Logo mais volto com mais indicações de filmes pra vocês. Obrigado a quem acompanhou!

Por hoje é só, pessoal!

Um beijo do mágico e voltem sempre!

:*

tumblr_nhcvvxsXUw1u71v07o1_500

O Diário de Anne Frank, A Juventude em Tempos de Guerra e o Holocausto…

Hey!

Vocês viram que estou tentando postar com mais frequência por aqui, não é? Essa foi uma das metas que fiz para o blog esse ano e espero conseguir cumprir. Bem, sempre gostei de estudar história e um dos assuntos que sempre me chamou atenção foi a Segunda Guerra Mundial, esse interesse surgiu quando, aos 14 anos (o momento onde decidi voltar a ler), ganhei o livro A Menina Que Roubava Livros que falava nesse evento catastrófico no qual eu ouvira falar tão pouco (já que só começara a estudar as respectivas guerras no terceiro ano do colegial). Minha curiosidade foi aguçada por questões como: Quem foi Hitler? Por que ele fez tudo aquilo? Por que a segunda guerra mundial começou? e etc. Bem, tive oportunidade de ler vários arquivos sobre o assunto na internet e assistir inúmeros documentários. Não sendo o bastante, resolvi, ao longo dos anos, reunir livros sobre o assunto que só leria em um época específica – quando estivesse um pouco mais maduro. E então esse ano como meta de leitura, há vários livros relacionados ao assunto (entre eles o tão polêmico Mein Kampf escrito pelo próprio Hitler). Preparem-se para um ano de 2015 onde o Mágico irá navegar pelo assunto. Enfim, o primeiro livro do ano por onde decidi começar foi um que emocionou várias pessoas desde que foi publicado em 1947 e traz a guerra através dos olhos de uma menina de 13 anos. Hoje eu vou falar de O Diário de Anne Frank.

10852805_824395224283245_1135603639_n

Ao ganhar o diário no seu aniversário de 13 anos em 12 de junho de 1942, Anne Frank jamais deve ter imaginado que se tornaria um símbolo mundial e um dos relatos mais honestos sobre o holocausto. Anne Frank usou o diário para escrever sobre o dia a dia, sua família e pensamentos íntimos. Quando os nazistas invadiram a Holanda, ela e sua família (todos judeus) começaram a planejar um esconderijo onde pudessem ficar protegidos, a fuga acabou acontecendo antes do planejado quando a irmã mais velha de Anne, Margot, recebeu uma carta de aviso prévio ordenando que ela fosse para um dos campos de concentração nazista. E foi nesse anexo secreto, compartilhado com a família van Pels e um dentista chamado Fritz Pfeffer, que a família viveu durante três anos e onde Anne escreveu a maior parte de seu diário.

anne-frank-2

Anne Frank

Algumas horas após o término da leitura, eu ainda me pegava pensando em Anne Frank e sua família e não só neles, mas em todos os que morreram em campos de concentração; pessoas que tinham família, sonhos, anos de vida pela frente e tiveram tudo isso interrompido por causa de um louco sádico e seus fiéis seguidores.

Quando ouvimos falar de Anne Frank temos uma visão diferente de quando pegamos o livro para ler. É ao ler que lembramos que se trata de uma menina jovem; uma garota cheia de sonhos, desejos, além do comportamento típico para a idade. Temos acesso aos pensamentos mais íntimos de uma menina de 13 anos. Ali ela fala da escola, dos amigos, garotos, da família e de repente, algo muda. Toda sua vida comum é interrompida e ela se vê obrigada a deixar sua vida pacata para trás.

anne-frank-family-1

A família Frank (da esquerda para a direita): Margot, Otto, Anne e Edith Frank.

Em vários momentos me senti constrangido, pois era como se eu estivesse espionando a intimidade de alguém e fazendo algo errado ao ler o diário dessa menina. Através do seu relato podemos sentir como é viver dentro daquele anexo minúsculo e participar das intrigas que acontecem ali dentro; vemos todas aquelas pessoas que eram acostumadas a terem sua própria vida e liberdade, sendo obrigadas a viver em confinamento, com a comida cada vez mais escassa e o único contato com o mundo exterior sendo através das pessoas que os ajudaram (esses também podem ser considerados grandes heróis).

casa-anne-frank-amsterdam1

Uma reprodução de como seria o anexo secreto na época em que Anne Frank viveu.

Apesar de já sabermos como termina a jornada de Anne, nos vemos tão envolvidos com a vida dela e com sua família, que esquecemos o que aconteceu. São três anos retratados no diário e isso faz com que nós sintamos apego por eles. Por isso quando vemos Anne falar sobre seus sonhos e o que deseja fazer quando a guerra terminar, nós acreditamos nessa possibilidade e torcemos por ele – isso até a realidade nos atingir e percebermos que não se trata de um livro de ficção e a vida real é mais dura.

1000509261001_1093998406001_Bio-Need-to-Know-Anne-Frank-SF

Miep Gies – uma das pessoas que ajudou a família Frank na época do esconderijo… Ela é citada várias vezes no diário de Anne. Miep faleceu em 2010 aos 100 anos de idade.

Um livro emocionante, singelo e honesto. Otto Frank foi o único sobrevivente da família e lutou até o fim para que a morte deles não tenha sido em vão, decidindo assim publicar o diário e transformar o anexo secreto em um museu.

Ano passado a editora Record lançou uma edição especial do livro com conteúdo extra, trechos que foram cortados pelo pai de Anne (por conter, na sua opinião, pensamentos impróprios para uma jovem e não manchar o nome da própria) e algumas outras anotações feitas pela menina; além de várias fotos e a capa que imita a do diário original.

Enfim, fica aí a dica de um livro incrível!

Tendo lido ou não, seja bem vindo para comentar!

Um beijo do Mágico e Voltem Sempre!

:*

hvncfncfnfgn

#Mágico em Cartaz: Operação Big Hero 6

Hey!

Hoje vou começar algo novo aqui no blog que eu intitulei como “Mágico em Cartaz” onde irei comentar sobre filmes que estão em cartaz, como uma pequena dica para quem quer ir ao cinema e está em dúvida do que assistir. Resolvi começar pelo primeiro filme que vi esse ano: Operação Big Hero 6.

Eu sou um grande fã de animações e há tempos que as animações deixaram de ter como público alvo apenas as crianças. As histórias estão cada vez mais bem elaboradas e construídas de uma forma onde não só a criança vai se divertir, mas o adulto também.

maxresdefault

Fui assistir ao filme por acaso como um convite de última hora feito por uma amiga e, sinceramente, não sabia absolutamente nada sobre o filme. E foi então que fiquei surpreso!

O filme conta a história de Hiro Hamada um gênio da tecnologia de 13 anos que vive com o irmão mais velho Tadashi e sua tia Cass. Eles vivem em uma cidade chamada San Fransokyo (uma mistura de São Francisco e Tóquio). Apesar de ser um super nerd, ele é um tanto encrenqueiro – envolvendo-se sempre em batalhas de robôs e enganando o pessoal por lá para faturar uma grana. É após uma tragédia que Hiro entra, sem querer, em contato com um robô criado por seu irmão – Baymax – que é um agente de saúde, especializado em tratar ferimentos e sempre acionado quando alguém grita “ai!”. Além disso, há uma grande ameaça na cidade e isso faz com que o garoto se reúna com seus amigos para salvá-la.

BIG HERO 6

É um filme de uma fofura sem tamanho e ao mesmo tempo, tem toda essa questão do processo do luto e da tristeza que envolve o personagem principal. A história é construída de forma leve, mas muito bonita. Repleta de excelentes momentos e tudo equilibrado com vários doses de humor. O relacionamento com o Baymax é muito bem explorado e não é que saímos do cinema completamente apaixonados pelo robozinho?

Outra coisa que me impressiona cada vez mais nas animações é a riqueza de detalhes. A cidade de San Fransokyo é absurdamente linda:

sanfransokyo

Um filme que surpreende quem assiste. Há outras coisas que adoraria comentar, mas já seria spoiler. Então, deixo para você assistir! Divida aí comigo a sua opinião, vou adorar!

Por hoje é só pessoal!

Um beijo do Mágico e Voltem Sempre!

tumblr_nhcvvxsXUw1u71v07o1_500

Homens, Mulheres & Filhos

Hey!

Sabe aqueles livros que você compra de forma aleatória sem realmente saber o assunto? Eu faço isso algumas vezes apenas pelo desejo de ser surpreendido por algo novo (é uma faca de dois gumes, pois pode ser algo bom ou algo ruim). Recentemente eu fiz isso e acabei sendo surpreendido! Hoje vou falar do livro Homens, Mulheres & Filhos de Chad Kultgen!

10853123_761387347287677_1204126871_n

O livro acompanha a vida de alguns adolescentes e seus pais na nossa problemática era moderna. Temos pessoas viciadas em pornografia na internet (Don por causa de seu casamento em ruínas e o seu filho Chris, mas no caso do filho ele é viciado em um tipo particular de pornografia envolvendo várias bizarrices). Temos Tim, um garoto que tinha tudo para se tornar um grande jogador de futebol americano em sua escola, mas após a separação dos pais se tornou deprimido e encontrou refúgio no jogo online World Of Warcraft. Temos Patrícia, uma mãe paranoica que vigia cada passo da sua filha – Brandy – tanto online quanto na vida real (exigindo todas as suas senhas, fazendo vistorias surpresas no computador e até um gps no celular da menina para saber onde ela está). Além disso temos o própria dependência tecnológica da nossa geração e outros assuntos como anorexia, descoberta do sexo, adultério e etc.

thumbnail_384

Por causa dos inúmeros temas e vários personagens, o livro é bem dinâmico e a leitura é muito fluida. Gosto como o livro explora o fato do quão pouco conhecemos as pessoas com as quais convivemos; há muito mais além do que vemos e o autor não tem medo de explorar os pensamentos dos personagens, mesmo os mais sórdidos. Gosto do fato de você poder conhecer cada um deles por inteiro – lado bom e lado ruim.

Talvez algumas pessoas se sintam incomodadas com as cenas de sexo (que são várias) que são descritas de forma quase pornográfica. Creio que foi a forma do autor deixar tudo ainda mais cru. Não há firulas ou romantização na história. Adorei a forma como a juventude foi retratada com todas as suas nuances e ao usar jovens de 13 anos, só mostra o quanto a geração atual está cada vez mais precoce e isso é extremamente prejudicial.

men-women-and-children-movie

Gostei do modo como o autor explorou a anorexia através da personagem Alisson (uma garota insegura que após ser caçoada por um rapaz por quem era apaixonada, começou a se esforçar cada vez mais para emagrecer; até cair em um buraco fundo demais para retornar). Também gostei de como mostraram pais projetando seus sonhos através dos filhos e até fazendo coisas questionáveis para vê-los alcançar o que desejam (isso é através de Joan e sua filha Hannah; a mãe cria um site pessoal para a filha de 13 anos recheado de fotos sugestivas, ganhando assim assinantes um tanto estranhos — tudo isso para realizar o desejo da menina de ser famosa, porém, isso traz consequências negativas).

MEN, WOMEN & CHILDREN

Quanto à adaptação cinematográfica, eu não posso comentar nada já que ainda não pude assisti-la (mas só pelas fotos já da pra perceber que os personagens mais jovens tiveram suas idades alteradas, o que de certa forma tira um pouco do que o livro quer passar).

Enfim, fica aí uma dica de leitura pra quem quiser conhecer um autor novo e uma história interessante. E se você já leu ou quer ler: comente!

Por hoje é só, pessoal!

Um beijo do Mágico e Voltem Sempre!

:*

tumblr_n2dp3lJOru1tpizeeo1_500